Volume de trade em exchanges centralizadas cai para US$ 5,2 trilhões em maio


Siga o CriptoFacil no

O mercado de criptomoedas registrou uma queda significativa nos volumes de negociação spot e de derivativos em exchanges em maio de 2024, de acordo com o último relatório da CCData.

O volume combinado de negociações em exchanges centralizadas caiu 20,1%, atingindo US$ 5,27 trilhões no mês. Esse declínio marca o segundo mês consecutivo de redução na atividade de negociação, impulsionada pela oscilação limitada do preço do Bitcoin após o halving da rede em abril.

Os volumes de negociação spot em exchanges centralizadas diminuíram 21,6%, totalizando US$ 1,57 trilhões. O mercado de derivativos também sofreu uma queda, com volumes reduzidos em 19,4%, alcançando US$ 3,69 trilhões.

Apesar dessa desaceleração, a dominância do mercado de derivativos aumentou para o nível mais alto desde dezembro de 2023, à medida que os traders reagiram à inesperada aprovação pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) dos ETFs spot de Ethereum.

Trade em exchanges de criptomoedas

A aprovação dos ETFs spot de Ether levou a um recorde histórico de interesse aberto para instrumentos derivativos de ETH, que subiu 50,3%, chegando a US$ 14,0 bilhões.

Esse aumento no interesse aberto reflete um crescimento no interesse institucional, impulsionado pela aprovação dos ETFs. Durante o mês, a exchange de criptomoedas Bybit alcançou um novo recorde de participação no mercado spot de 7,36%. Apesar disso, registrou uma queda de 12,7% no volume de negociação spot, totalizando US$ 116 bilhões.

A Binance manteve sua posição como a maior exchange spot, com uma participação de mercado de 34,6%. Contudo, a exchange registrou uma queda de 19,8% nos volumes, que totalizaram US$ 545 bilhões.

No mercado de derivativos, a dominância da Binance cresceu para 45,4%, com um volume de negociação mensal de US$ 1,68 trilhões. Em seguida, vêm r OKX e Bitget, com participações de mercado de 21,3% e 14,5%, respectivamente.

A exchange CME dos EUA apresentou um desempenho misto. Enquanto o volume total de negociação de derivativos caiu 7,42%, para US$ 115 bilhões, os volumes de futuros de ETH aumentaram 37,5%, alcançando US$ 20,5 bilhões, o maior desde novembro de 2021.

O volume de negociação de opções de Ether também atingiu um novo recorde histórico, aumentando 115%, totalizando US$ 931 milhões. Embora a atividade de negociação tenha aumentado devido à surpresa da aprovação dos ETFs, parece que os traders estão reagindo ao evento como um caso de “compre no boato, venda na notícia”.

Desde a aprovação dos ETFs, as exchanges de criptomoedas viram mais de US$ 3 bilhões em saídas de posições de Ether. No entanto, alguns analistas acreditam que o ETH pode superar seu recorde histórico de novembro de 2021, de US$ 4.870. Isso deve ocorrer assim que os ETFs começarem a ser negociados, possivelmente este mês, devido ao aumento da pressão de demanda.

Siga o CriptoFacil no
Google News CriptoFacil



LEIA MATÉRIA ORIGINAL