Trump se classifica como “criptopresidente” em evento de arrecadação em San Francisco Por Reuters


Por Alexandra Ulmer

SAN FRANCISCO (Reuters) – O candidato presidencial norte-americano e ex-presidente Donald Trump afirmou ser um campeão das criptomoedas e criticou, durante evento de arrecadação em San Francisco, na quinta-feira, a tentativa dos rivais do Partido Democrata de regular o setor, disseram à Reuters três fontes que estavam presentes.

CONFIRA: Cotação das principais criptomoedas

Trump levantou 12 milhões de dólares no evento organizado pelos empresários David Sacks e Chamath Palihapitiya, na residência do primeiro, no elegante bairro de Pacific Heights.

“Ele falou que seria o criptopresidente”, afirmou à Reuters Trevor Traina, um executivo do setor de tecnologia de San Francisco e ex-embaixador de Trump na Áustria.

A indústria das criptomoedas busca cada vez mais influenciar políticos norte-americanos, no momento em que sofre maior escrutínio por órgãos reguladores, especialmente depois da falência de importantes empresas do setor em 2022, algo que assustou investidores, expôs fraudes e má conduta e deixou milhões de pessoas no prejuízo.

Trump afirmou que as criptomoedas são importantes e salientou que apoia muito o setor, disse Harmeet Dhillon, membro do Comitê Nacional Republicano. Dhillon afirmou que Trump, que enfrentará o atual presidente, Joe Biden, na eleição de 5 de novembro, não deu detalhes sobre suas ideias para o setor. Biden assinou um decreto em 2022 com o objetivo de assegurar o desenvolvimento responsável de ativos digitais, o que culminou em relatórios que exortavam reguladores como a SEC, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA, e a Comissão de Negociação de Futuros de Commodities a estabelecer regras para lidar com os riscos do sistema de criptomoedas.

LEIA MAIS: Conheça as criptomoedas promissoras

A Casa Branca de Biden também disse estar disposta a trabalhar com o Congresso para desenvolver uma estrutura regulatória para as criptomoedas.

Em comunicado enviado à Reuters, o porta-voz da Casa Branca, Robyn Patterson, afirmou que o governo Biden apoia a inovação nos ativos digitais, ao mesmo tempo em que quer proteger os consumidores de “riscos associados a novas tecnologias”.

Embora San Francisco seja fortemente progressista, um crescente número de investidores locais dizem apoiar Trump, muitos deles citando a excessiva regulação entre as razões para tal.

“O presidente Trump deixou claro que a cruzada Biden-Gensler contra as criptomoedas chegará ao fim uma hora após o início do segundo governo Trump”, disse Jacob Helberg, conselheiro da provedora de análise de dados Palantir, referindo-se ao presidente da SEC, Gary Gensler.

Executivos da Coinbase (NASDAQ:), os gêmeos investidores em criptomoedas Tyler e Cameron Winklevoss e outros líderes do setor participaram do encontro na quinta-feira, afirmou Dhillon.





LEIA MATÉRIA ORIGINAL