Soja cai 1,6% com realização de lucros e trigo sobe Por Reuters


Por Heather Schlitz

CHICAGO (Reuters) – Os contratos futuros de na bolsa de Chicago (CBOT) caíram mais de 1% nesta sexta-feira, para menos de 12 dólares por bushel, com realização de lucros, um dia depois de o contrato de referência se aproximar do maior nível em dois meses, conforme vendas de soja por agricultores e a alta do contribuíram para o sentimento de baixa, disseram analistas.

Os futuros do subiram, enquanto o caiu em negociações instáveis.

O contrato maio da soja na CBOT fechou em queda de 19,50 centavos, a 11,9250 dólares por bushel. Já o contrato maio do milho na CBOT caiu 1,50 centavo de dólar, a 4,3925 dólares por bushel, enquanto o trigo de inverno vermelho macio de maio subiu 8 centavos para 5,5475 dólares por bushel.

A soja recuou após duas sessões de alta. As altas desta semana estimularam as vendas de soja pelos agricultores dos Estados Unidos e da América do Sul, disseram analistas.

“O setor de grãos e oleaginosas está em queda principalmente devido ao dólar mais forte e ao aumento das vendas dos agricultores, especialmente no Brasil”, escreveu o economista-chefe de commodities da StoneX, Arlan Suderman, em nota.

Outros atribuíram a pressão do mercado às previsões de chuvas benéficas em partes do cinturão de culturas da região centro-oeste dos EUA antes do plantio da primavera norte-americana.

O trigo da CBOT firmou-se na cobertura de posições vendidas, uma vez que os futuros do trigo europeu subiram devido às preocupações renovadas sobre aos problemas do abastecimento do Mar Negro, dadas as crescentes tensões entre a Rússia e a Ucrânia, disseram operadores.

(Por Heather Schlitz)





LEIA MATÉRIA ORIGINAL