O ‘método Barsi’ para lucrar com dividendos e as melhores ações para junho; veja 5 destaques em Comprar ou Vender – Money Times


Carteiras de dividendos ganham as atenções dos investidores na semana (Imagem: Pixabay)

O Banco do Brasil (BBAS3) foi eleito a ação favorita dos analistas para junho, quando o assunto é dividendo.

Segundo a CM Capital, o bancão tem um histórico de bom pagamento de proventos – já pagou mais de R$ 2,4 bilhões a seus acionistas, referentes aos ganhos registrados no quarto trimestre de 2023.

Os analistas apontam que os múltiplos estão muito descontados, mostrando que ainda há espaço para valorização das ações.

Santander, por sua vez, destaca que o BB tem ampla presença física, carteira de crédito lastreada em operações de agronegócio, estrutura de captação mais barata, gestão de fundos do setor público com taxas atrativas e é o principal banco do governo para deals.

Veja as indicações dos especialistas a seguir e outros destaques da editoria Comprar ou Vender do Money Times na semana:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

5º – E os dividendos extraordinários? Bancão dispara e desbanca Petrobras (PETR4); confira onde investir em junho

Desbancando a queridinha do mercado e conhecida por seus dividendos extraordinários, Petrobras (PETR4), o Banco do Brasil virou a ação preferida dos analistas para investir em junho, mostra o levantamento do Money Times, com carteiras de dividendos de 19 bancos, corretoras e casas de análise.

No mês, o BB foi o campeão, ao receber 13 recomendações. Na sequência, aparecem a Vivo (VIVT3), com 11 indicações, a Vale (VALE3) e a Petrobras com 10 cada, e o BB Seguridade (BBSE3) com oito.

Confira a matéria completa.

4º – Dividendos de até R$ 1,04 por ação: Veja as indicações da Planner para lucrar em junho

Planner realizou três movimentações em sua carteira recomendada de dividendos para junho, retirando Engie (EGIE3), São Carlos (SCAR3) e Taesa (TAEE11) da seleção.

No lugar, entram Banco ABC (ABCB4), Banco do Brasil (BBAS3) e Cosan (CSAN3). Permanecem na composição do portfólio Itaú (ITUB4) e Petrobras (PETR4).

Confira a matéria completa.

3º – 10 ações para investir em junho e bater a baixa do Ibovespa (IBOV), segundo a Empiricus

Empiricus Research avalia que, no último mês, a bolsa brasileira não foi capaz de capturar a melhora do cenário internacional, beneficiada pela reacendida esperança do corte de juros nos Estados Unidos após dados fracos de inflação e atividade.

Com isso, a casa de análise elencou as 10 ações para investir no mês de junho para bater o Ibovespa (IBOV).

Confira a matéria completa.

2º – Retornos de dividendos de 9,5%: BB seleciona 10 ações para lucrar pelos próximos três meses; 4 são elétricas

Com o fim do segundo trimestre, o BB Investimentos realizou algumas trocas em sua carteira recomendada trimestral de dividendos.

Para os próximos três meses, a corretora optou por tirar Engie (EGIE3), Grendene (GRND3) e SLC (SLCE3) para a entrada de CPFL (CPFE3), Taesa (TAEE11) e Vivo (VIVT3).

Confira a matéria completa.

1º – Dividendos: ‘Eu torço para as ações caírem’; Barsi explica como ter uma carteira mensal vencedora

Ter uma ação na carteira que dispara pode não ser tão bem recebido por Luiz Barsi, o maior investidor pessoa física da Bolsa. Segundo a Forbes, em 2023, Barsi ostentava patrimônio de R$ 4 bilhões.

Conhecido como Rei dos Dividendos e por seu método de ganhar dinheiro com empresas que pagam proventos, o bilionário deu o ‘caminho das pedras’ para aqueles que gostariam de formar uma carteira mensal de renda, visando se aposentar.

“Por paradoxal que seja, eu torço para as ações baixarem, diferentemente da grande maioria que torce para subir. Por quê? Porque as ações baixando, eu tenho um privilégio dos meus recursos comprarem uma quantidade maior de ações”, explica.

Confira a matéria completa.



LEIA MATÉRIA ORIGINAL