Ibovespa tem dia morno com agenda esvaziada; preço do petróleo sobe, puxando petrolíferas para cima – Money Times


Ibovespa tem dia morno, fechando com leve baixa de 0,08% nesta segunda (25) (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

Neste início de semana, Ibovespa fechou com uma queda tímida de 0,08%, em dia de agenda esvaziada. Com o petróleo subindo no exterior, Petrobras (PETR3;PETR4) fechou em alta, junto a outras petrolíferas.

O índice fechou em baixa de 0,08%, a 126.931,47 pontos.

Com a alta do petróleo no exterior, as petrolíferas tiveram um bom dia. Petrobras fechou com 1,25% para as ações ordinárias e 1,53% para as preferenciais. Já 3R Petroleum (RRRP3), PetroReconcavo (RECV3) e Prio (PRIO3) finalizaram o dia com ganhos de 3,47%, 2,87% e 2,1o%, respectivamente. 

Para a PETR4, além do petróleo, o mercado repercute a notícia de que a empresa confirmou na última sexta (22) que vai propor apenas os dividendos ordinários aos seus acionistas na próxima AGO, prevista para 25 de abril, deixando a decisão sobre remuneração extra para outro momento, de acordo com Leandro Petrokas,  diretor de research, mestre em finanças e sócio da Quantzed.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As baixas do dia

Na ponta negativa, Casas Bahia (BHIA3) fechou em baixa de 2,94%. “Sabemos que a situação da empresa é delicada. Extremamente endividada e sem capacidade de entregar resultados trimestrais positivos há algum tempo, as ações renovaram a menor cotação de sua história no dia de hoje”, afirmou Petrokas. 

Junto nas maiores baixas do pregão, Braskem (BRKM5) teve um tombo de 4,54% em movimento de realização de lucros após o recente rally de mais de 30% em 6 dias. De acordo com Petrokas, “o rally recente ocorreu devido a notícias de que grupos empresariais estariam fazendo o processo de ‘due diligence’, que normalmente antecede uma oferta de aquisição”.



LEIA MATÉRIA ORIGINAL