Frenesi das memecoins troca Solana pela Base com ElonRWA e ANTY puxando ganhos de até 52.000%


A temporada de memecoins da Solana, que transformou alguns traders afortunados em novos milionários das criptomoedas, agora parece ter migrado para a Base, a rede de camada 2 da Ethereum desenvolvida pela exchange de criptomoedas Coinbase.

A febre das memecoins que tomou conta da Base teve início na terça-feira, 19 de março, e quase dobrou o volume de negociações na rede em apenas dois dias, saltando de US$ 234,5 milhões para um recorde de US$ 426 milhões, segundo dados da DeFi Llama.

Top 10 criptomoedas da Base em volume negociado em 24 horas. Fonte: DexScreener

Esse aumento no volume negociado na Base beneficiou algumas memecoins já consolidadas do ecossistema, como TOSHI e DEGEN. Com uma capitalização de mercado superior a US$ 90 milhões, elas lideram o ranking de memecoins da Base.

A TOSHI é uma moeda criada em homenagem ao gato de Brian Armstrong, CEO da Coinbase, cujo nome, por sua vez, remete ao mítico criador do Bitcoin, Satoshi Nakamoto. O token era negociado em alta de 2,% nas últimas 24 horas e de 190% nos últimos 30 dias, de acordo com dados do CoinMarketCap.

A DEGEN originalmente foi distribuída para usuários da rede social descentralizada Farcaster, o que contribuiu para a construção de uma comunidade unida por princípios comuns. O token acumula ganhos de 22,5% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do DexScreener.

Dentre as apostas mais arriscadas que se destacaram nas últimas 24 horas, a ANTY apresentou um ganho surpreendente de 52.000%, enquanto a ElonRWA, que associa imagem do bilionário CEO da Tesla e do X com ativos do mundo real, valorizou 2.800%, movimentando 3,1 milhões e US$ 25,8 milhões em volume negociado, respectivamente, novamente de acordo com o DexScreener.

Outras memecoins que estão em destaque na Base, tanto por capitalização de mercado quanto por engajamento nas redes sociais, incluem a BRIUN, inspirada no CEO da Coinbase, a BRETT, a NORMIE e a TRUMP, esta última é um dos muitos tokens que explora a imagem do ex-presidente dos EUA, Donald Trump. Nas últimas 24 horas, elas registraram quedas de 26%, 11,5%, 13% e 6,8%, respectivamente, indicando uma possível movimentação para realização de lucros.

O frenesi das memecoins na Base teria sido causado pelo rumor de que em breve a Coinbase lançará um novo produto que permitirá que seus clientes utilizem a Base a partir de suas contas na exchange, sem a necessidade da criação de chaves privadas ou frases semente.

Os investidores parecem estar apostando nas memecoins da Base, na esperança de que os tokens do ecossistema da rede de camada 2 da Ethereum possam replicar os ganhos extraordinários registrados recentemente pelas memecoins na Solana (SOL). Memecoins como o BOME e o SLERF entregaram ganhos de até 800 vezes o valor investido em um curto espaço de tempo, conforme noticiou o Cointelegraph recentemente.





LEIA MATÉRIA ORIGINAL