Ethereum registra seus maiores fluxos semanais desde julho de 2022


Siga o CriptoFacil no

Os produtos de investimento em criptomoedas tiveram as segundas maiores entradas semanais já registradas na história, totalizando US$ 1,84 bilhão. Embora o Bitcoin (BTC) tenha siso o principal ativo alvo dos investimentos, o Ethereum (ETH) também se destacou, registrado os seus maiores fluxos semanais desde julho de 2022.

De acordo com o relatório semanal da CoinShares, os volumes de negociação em produtos de investimento atingiram um recorde de mais de US$ 30 bilhões na semana. Além disso, representaram 50% dos volumes diários globais de negociação de Bitcoin em plataformas confiáveis.

Ainda segundo o estudo, o total de ativos sob gestão (AuM), após os recentes aumentos de preços, está agora muito próximo do máximo histórico de US$ 82,6 bilhões. Este AuM está pouco abaixo do pico de US$ 86 bilhões estabelecido no início de novembro de 2021. Naquela ocasião, o preço do BTC atingiu o seu valor máximo histórico de US$ 69.000.

Ethereum e Bitcoin se destacam nos fluxos de investimento

Conforme apontou o relatório, fazendo um recorte por regiões, os Estados Unidos continuam a dominar. O país norte-americano registrou um total de entradas líquidas de US$ 1,88 bilhões. Segundo a CoinShares, isto foi parcialmente atenuado por uma recuperação nas saídas da atual Grayscale, que registou saídas totalizando US$ 1,46 bilhões no seu ETF Bitcoin.

As saídas do GBTC foram compensadas por novos emissores, que registraram entradas totais de US$ 3,2 bilhões na semana passada.

Ainda analisando por regiões, os fluxos foram mistos em outros países. A Suíça, por exemplo, registrou entradas de US$ 20 milhões. Enquanto isso, a Suécia, a Alemanha e o Canadá registraram saídas totalizando US$ 32 milhões, US$ 35 milhões e US$ 23 milhões de dólares, respetivamente. O Brasil, por sua vez, registrou entradas de US$ 2,7 milhões.

Como apontou a CoinShares, 94% das entradas foram para o Bitcoin, totalizando US$ 1,72 bilhão. Apesar disso, as recentes movimentações de preços fizeram com que os investidores vendidos duplicassem a sua aposta, com entradas adicionais de US$ 22 milhões em produtos de investimento short Bitcoin.

O Ethereum foi um dos principais destaques depois do Bitcoin. A segunda maior criptomoeda do mercado registrou seus maiores fluxos semanais desde meados de julho de 2022, totalizando US$ 85 milhões na semana passada. No entanto, o AuM de US$ 14,6 bilhões do ETH continua longe do pico de US$ 23,7 bilhões.

Ainda sobre as altcoins, a CoinShares destacou que a Polygon (MATIC) registrou entradas de US$ 7,6 milhões, representando 22% do AuM, enquanto Solana registrou saídas de US$ 12 milhões.

Siga o CriptoFacil no
Google News CriptoFacil



LEIA MATÉRIA ORIGINAL